quarta-feira, 11 de janeiro de 2006

Vertigens

Gostei particularmente dos comentários ao post anterior, sobre a inutilidade. Foram abordadas várias vertentes que, na minha opinião, não têm nada a ver com a inutilidade no sentido em que a expus ou pretendi expor, mas que são o reflexo das nossas próprias vidas e experiências.
De qualquer forma, para que fiquem esclarecidos, não alio inutilidade a depressões nem a pausas de relaxamento necessárias. Tão-pouco a concilio com problemas pessoais. Justificar a inutilidade seria pura perda de tempo, até porque cada um de nós tem uma visão diferente. Eu acho é que as pessoas estão cada vez mais perdidas nas suas vocações e nas suas decisões. Mas compete a cada um fazer o que considera melhor para si.
Quanto à correctora automática que apareceu por aqui com as suas correcções, agradeço a dica, mas dispenso comentários deste género. Até porque estou convencida que a maioria das pessoas que me visitam (cerca de 80 por dia) não estão minimamente interessadas nas coordenações frásicas e muito menos nas (in)correcções gramaticais. Qualquer comentário deste teor, pode ser discutido por email. O objectivo dos textos é a exposição de ideias, de perspectivas diferentes, de discussão, quem sabe. Mas antes disso, é o meu blog.
Quando eu começar a editar livros, presto mais atenção a esses pormenores que, mesmo assim, não impedem as pessoas de copiar os meus textos. Vai-se lá saber se não és uma delas...

O Paraíso, antes de qualquer outra coisa, é um blog pessoal, portanto, dou-me ao luxo de dizer o que quero e quando quero. De vez em quando lá surgem estes pequenos desvios.
E agora que disse o que quis, volto à descontracção habitual deste Paraíso. E porque muito já foi dito, fica apenas uma imagem.
Ela sim, poderá sugerir-vos muito mais.

Que tal um lanche nas alturas para descontrair? Alinham?

6 comentários :

Alvaro Gonçalves disse...

Oi amiga,

Claro que alinho num lanche, mas nas alturas?, me desculpa tenho vertigens, eu fico cá por baixo apanhando as migalhas que dai de cima cairem, e nossa, acredito que vão ser muitas, pois com tantos que por aqui passam nesta tua casa vamos ter muita gente nesse maravilhoso lanche.
Tem um maravilhoso fim de semana.
Bjokas mil e xi - corações

Mikas disse...

Eu alinho. Pode ser que ai possa pensar!

Beijinho grande :)

Alvaro Gonçalves disse...

Oi amiga, meu anjo,

Cá estou eu novamente, mas desta vez apenas para te desejar uma maravilhosa semana cheia de amor.
Bjokas mil e xi - corações

Su disse...

O teu blog tem textos muito bons e ng liga a pormenores que não têm interesse nenhum! :) Bitaite desnecessário, aquele da correctora.

* Quando combinares o lanche nas alturas, avisa-me, sim?

Bjinho (*)

Sílvia disse...

Por vezes, tb fico a pensar, se consegui transmitir bem a minha ideia... principalmente por causa dos comentários.
Mas não te preocupes! Quem não entender, que entendesse. :)
http://sunshine.blogs.sapo.pt/

Teresinha White Snow disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
eu keru um lanche mas de preferencia assim no cafezinho descontraido... com a paisagem de um por do sol e algumas nuvens n mt carregadas no meio para fazer uma cor mt mais bonita... que tal!!! alinhas?????
bjus fofinhos****