segunda-feira, 18 de dezembro de 2006

Feliz Natal

Escrever sobre o Natal para quê?

Para muitos, não passa de uma época forçada, de compras fúteis, de gastos acrescidos.
Para outros é a tradição que continua a sobreviver.
Para mim é o bacalhau cozido, as rabanadas e doces tradicionais, a família reunida, a lareira acesa, as conversas triviais, as prendas pensadas e compradas ao longo do ano. (E apesar disto tudo, há sempre uma pontinha de nostalgia e de senso crítico a pairar.)

Não quero escrever textos adornados e alusivos à quadra. Não me apetece. Fico-me pelo desejo sincero de que estes dias corram bem e tenham alguma da magia que se vai mantendo ao longo dos anos. Porque apesar de tudo... é Natal!

A todos os amigos, conhecidos e leitores que por aqui passam, votos de uma quadra natalícia FELIZ!