sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

Dancing in the moonlight


Disseste que me ias levar a um sitio especial.
Perguntei-te onde.
- Já vais ver.
Perguntei-te porquê.
Respondeste "porque sim".
Deste-me um copo com o que pensei ser chá. Hoje sei que lhe meteste qualquer coisa.
Bebemos e em pouco tempo estávamos a rir perdidamente.
Perguntei-te porque nos estávamos a rir.
Respondeste que estávamos felizes.
- Anda! - Disseste. - Chegou a hora.
Assobiaste.
Julguei estar a ter uma alucinação. Lembro-me de pensar que foi do chá que bebemos. Era uma nuvem. Mesmo à minha frente pairava uma nuvem de algodão, como nas fantasias e contos infantis.
- Uma nuvem?! - Perguntei incrédula.
- Sim. Sobe para cima!
Sentei-me nela. A sensação era fantástica. Eu parecia não estar em mim. Parecia um ser flutuante.
A nuvem começou a subir lentamente até ao seu destino.
Perguntei-te onde íamos.
Respondeste-me "à lua".
E assim foi. Parámos mesmo diante dela. Pegaste-me na mão.
- Vamos dançar!
Uma onda de entusiasmo invadiu-nos o espírito. Recomeçámos o riso e a dança. Como num filme! Perfeito.
E dançámos a noite toda até o despertador tocar.

- Porque tive de acordar? - Rispostei, levantando-me da cama e sentindo o frio da manhã atravessar-me o corpo.
Sorri.

Andei numa nuvem de algodão!

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

2º Aniversário

Imagem do primeiro template do Paraíso


O Paraíso faz anos. Dois anos.
Durante todo este tempo partilhei com vocês momentos felizes e momentos menos felizes. Textos encantados e desencantados. Pedaços de mim.

Obrigada por ainda me continuarem a visitar, a ler e a prestar atenção aos trechos de vida que aqui vou deixando.



Brindo-vos!

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

Passagem


Nua. Aparentemente fria. No meio do mundo.
É assim que está a minha árvore. Mas sei que em breve, ela voltará a florescer. A vestir-se de cores. A aquecer-me. E a ser o meu mundo, outra vez.
O Paraíso vai voltar a ter textos mágicos. Muito em breve.