quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Inveja


É um sentimento viscoso, purulento e que cresce rapidamente em ambiente hostil. Primeiro começa com uma picada na barriga e depois passa a um calor opressivo no peito que comprime e contamina tudo até se deixar de pensar racionalmente. De um momento para o outro, passa-se a ser uma pessoa egocentrica, diminuindo os outros e favorecendo exageradamente o que é seu.
Nem sempre as posses materiais são a causa: às vezes basta um estalar de dedos sonoro ou quase perfeito para despertar a inveja, esse monstro das entranhas.
Pode ser chamada de ciúmes ou, vulgarmente conhecida, dor de cotovelo. Pode ser passageira ou fazer parte da pessoa (crónica).
Dizem que é verde, por uma série de histórias mitológicas e da literatura. Para mim é um sentimento camaleão, tal como a pessoa que possui dentro de si a inveja: nunca é aquilo que parece!

Como diria o Sábio das Terras Distantes:

- Cuidado. Por causa de um minuto de inveja, podes tornar-te áspero o resto da vida.

8 comentários :

Miguel Augusto disse...

Sem dúvida verdade. Invejas, ciúmes, dores de cotovelo aparecem nas longas estradas da vida. Infelizmente esses sentimentos são despertados pela mediocridade das pessoas, que não conseguem aceitar os outros como são e pelo que são. Fizeste bem em passar no meu mundo, agora fico de olho no teu!
Beijinhos

Ju disse...

A inveja é algo que me mete medo. Aquela sensaçao de que estamos bem demais e alguem nos olha daquele modo estranho. Ou porque temos demais, ou porque estamos bem na vida...
Quanto ao blog de coisinhas eu tenho e ainda está activado mas como nao tenho feito nada tenho colocado tudo no que costumas comentar.

Beijocas

Ju disse...

Sim podes adicionar.
Eu vou ver se organizo ali os meus links pra colocar o teu tambem =)

Ju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Mais uma vez aqui passo para apenas te desejar um lindo e doce fim de semana e uma semana cheia de paz e muito amor em teu coração.
Bjokas mil e xi – corações.

Borboleta disse...

Oh meu Deus... inveja... o mal de tanta gente! Chego a ter pena dessas pessoas... coitaditas... enfim!

Gostei deste espacinho*
Parabéns, tens bijuterias fantásticas, pena é que não goste de usar... todas as que tenho estão arrumadas um cantinho do meu quarto... ;)

Su disse...

Há quem defenda o contrário, mas a Inveja para mim está no top dos sentimentos mais repudiados. Nunca percebi por que nasce... Não sei como se alimenta, mas sei que cresce abismalmente se não a souberem controlar e mandá-la embora.

Não gosto de inveja, repudio-a com tudo o que posso. Pessoa invejosa é quase uma arma mortífera. Engenhosa, perigosa e fatal.

[*]