segunda-feira, 21 de abril de 2008

Demasiadas exigências



Todos nós exigimos mais.
Mais dinheiro, mais um carro, mais uma casa, mais umas férias num qualquer paraíso tropical, mais compreensão, mais roupa, mais acessórios, mais pessoas influentes, mais boa vida.
Acontece que, quando o peso da vida se torna insuportável de aguentar, apercebemo-nos de que, afinal, precisamos é de menos encargos fiscais, de menos trabalho, de menos problemas, de menos responsabilidades.
Tentamos contrabalançar as coisas. Uns dias desperdiçamos o que temos, noutros somos obrigados a sentir a falta do que já não é nosso. Há dias em que esquecemos o nome dos nossos amigos, há outros em que nos lembramos deles porque precisamos de uma palavra que conforte os nossos corações.

A vida é agitada e por ser assim, não deixa de ser mágica. O que nem sempre sabemos é que no fundo, no fundo, é preciso muito pouco para tornar a vida feliz.

domingo, 20 de abril de 2008

* Vigésimo sexto aniversário *

Deixei passar o meu aniversário aqui... 15 de Abril. Já os festejei com vocês enquanto pirata, com buscas ao pote de ouro no fim do arco-íris e este ano fui um fantasma, que nem se dignou a aparecer por aqui ;p
A importância deste dia não supera a importância de qualquer outro dia. A única diferença é que recebemos mais mimos e presentes. Sinto-os como uma obrigação social, mas, apesar de tudo, sabem bem :)
De volta ao Paraíso!