quarta-feira, 15 de abril de 2009

Vinte e... :)



Já são muitos. Já quase lhes perdi a conta. Sinto que estacionei aos 22 e que de lá não passei. Sinto-me como se já tivesse vivido muito mas como se não crescesse, como se as minhas memórias e recordações longínquas tivessem ocorrido há poucos meses atrás.
É a olhar para os outros que me sinto (e sei) envelhecer. As pessoas mentem quando dizem que não têm medo de envelhecer. Claro que têm. Eu tenho. Tenho medo de deixar a minha juventude para trás e de me olhar ao espelho e pensar que tudo na vida é efémero. Não é perder a beleza que me assusta. É não fazer tudo aquilo que quero fazer.

Num sopro vou apagar as velas imaginárias. Ninguém precisa saber quantas são, não é verdade? ;)

Hoje não me vou chatear. Vou aproveitar o dia e receber cada miminho de coração aberto. Antes não ligava a isso, agora não quero outra coisas senão ser mimada. Dizem que começa a ser assim à medida que se envelhece... :)

Parabéns a mim.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Boa Páscoa!


Uma semana de férias e já quase a acabar. Que miséria... Só por causa disso, vou encher-me de amêndoas de todas as qualidades, cores e feitios e comer folar com manteiga a acompanhar uma bela caneca de chá, café ou leite! Isto para ter energias na próxima semana e recomeçar o ritmo frenético dos últimos tempos.
Não ofereço a ninguém! É tudo meu! ;p
Boa Páscoa! ***