segunda-feira, 28 de abril de 2014

Obrigada, a todos vós.

Tudo o que nos acontece na vida, não é fruto do acaso. Somos nós que criamos as oportunidades e que fazemos o nosso próprio caminho. À medida que fazemos esse percurso, vamos conhecendo pessoas que nos facilitam ou dificultam o processo - mas todas elas são uma espécie de "treinadores pessoais" que nos proporcionam uma grande bagagem de experiências, que nos fazem desenvolver competências, e que nos permitem escolher que exemplos queremos seguir.

O sucesso pode ser cruel, se o caminho que fazemos não for cuidadosamente pensado. Tão depressa o atingimos, como depressa caímos no esquecimento. É por isso que o mais importante é a maneira como percorremos o nosso caminho. Às vezes é doloroso mas, no fim, é sempre gratificante. E se não se chegou ao fim, é porque se desistiu pelo caminho. Não se chega à meta, se não houver empenho, determinação e compromisso!

Sinto-me bem ao fazer algo que me apraz e que sei que vai ajudar outras pessoas. O meu investimento pessoal (e a minha realização) passam por fazer o que faço (investigação, docência, formações, escrita). Todas estas vertentes têm algo em comum - querer ser um exemplo. Um exemplo enquanto pessoa e enquanto profissional. Uma inspiração para aqueles que duvidam que são capazes de fazer o que quer que seja. Não é admissível dizerem isso, porque só não é capaz quem não tentar e quem não tiver sonhos e objetivos de vida.

Isto para dizer-vos que hoje estou grata por todas as coisas boas que me acontecem. Por todas as oportunidades que surgem. Por todas as pessoas que conheço. Porque sei que fui eu que as atraí, sendo o que sou, e fazendo o que sei fazer. E que tudo o que me acontece é uma experiência. Uma oportunidade de me tornar melhor.

Por isso, obrigada.

Sem comentários :